sábado, 18 de julho de 2009

Classes gramaticais - Resumo

CLASSES GRAMATICAIS

Palavra variável é a palavra que altera sua forma para indicar um acidente gramatical. Palavra invariável é a palavra de forma fixa.
As palavras, agrupam-se em dez classes gramaticais. Existem classes gramaticais de palavras variáveis e classes gramaticais de palavras invariáveis.

1- SUBSTANTIVO

É a classe gramatical de palavras variáveis as quais denominam os seres. Ex.: giz, Madalena, lousa, mesa, demônio, escola, menino.
Classificação dos Substantivos:
1- Comuns: aplicam-se a todos os seres de uma espécie. Ex.: mesa, país, homem, árvore, livro, cidade.
Próprios: aplicam-se a um único ser de toda espécie. Ex.:
Benedito, Brasil, Rex.
2- Concretos: nomeiam seres de existência real ou que a imaginação dá como tal. Ex.: caneta, Deus, fada, porta. Abstratos: nomeiam estados, qualidades, ações, sentimentos. Ex.: viagem, visita, ódio, amor.
3- Primitivos: não tem origem em outra palavra portuguesa. Ex.: mar, céu, cinza, terra.
Derivados: têm origem em outra palavra portuguesa. Ex.: marujo, cinzeiro, terreno, bondade.
4- Simples: são formados de um só radical. Ex.: tempo, sol, mármore, terreiro.
Compostos: são formados de mais de um radical. Ex.: couve­flor, girassol, fidalgo, pé-de-moleque.
5- Coletivos: nomeiam agrupamentos de seres da mesma espécie.
NOTA - O coletivos é um substantivo singular, mas com idéia de plural.
Flexões do Substantivo:

1. Gênero
Masculino e Feminino
2. Número
Singular e Plural
3. Grau
Aumentativo e Diminutivo

2-ARTIGO

É a classe gramatical de palavras que acompanham os substantivos, determinando-os.
Classificação dos Artigos:
1- Definidos: o, a, os, as - determinam os substantivos de maneira precisa:
Vi o rapaz.
Comprei a motocicleta.
2- Indefinidos: um, uma, uns, umas - determinam os substantivo de maneira vaga:
Comprei um livro. Ofereci-lhe um carro.

3-ADJETIVO

É a classe gramatical de palavras que exprimem qualidade, defeito, origem, estado do ser.
Classificação dos Adjetivos:
1- Explicativo: exprimem qualidade própria do ser.
Restritivo : exprimem qualidade que não é própria do ser.
2- Primitivo: não vem de outra palavra portuguesa.
Derivado: tem origem em outra palavra portuguesa.
3- Simples: formado de um só radical.
Composto: formado de mais de um radical.
Locução Adjetiva:
É toda expressão formada de uma preposição mais um substantivo,
equivalente a um adjetivo.
Ex.:
Homens com aptidão (aptos)
Pé de chumbo (plúmbeo)
Bandeira da Irlanda (Irlandesa) Rapazinho com sossego (sossegado)
Gênero dos Adjetivos:
1- Biformes: tem duas formas, sendo uma para o masculino e outra para o feminino. Ex.: mau - má.
2- Uniformes: têm uma só forma tanto para o masculino quanto para o feminino. Ex.: cruel, feliz.
Graus dos Adjetivos:
1M Grau Comparativo:
Igualdade: tão (tanto, tal) bom como (quão, quanto) Superioridade:
a)Analítico: mais bom que (do que). b) Sintético: melhor que. Inferioridade: menos bom que.
2- Grau Superlativo: - Absoluto:
a) Analítico: muito bom.
b) Sintético: (erudito) ótimo
(popular) boníssimo.
Relativo:
a) Superioridade: o mais bom de.
b) Inferioridade: o menos bom de.

4- NUMERAIS

Classificação dos Numerais:
1- Cardinais: indicam contagem, medida. Ex.: um, dois, três.
2- Ordinais: indicam a ordem do ser numa série dada. Ex.: primeiro, segundo.
3- Fracionários: indicam a divisão dos seres. Ex.: meio, terço.
4- Multiplicativos: indicam a multiplicação dos seres. Ex.: dobro, triplo.
Leitura dos Numerais Cardinais:
Faz-se a leitura do numeral cardinal, dispondo-se a palavra entre e entre as centenas e as dezenas e entre as dezenas e unidades. Ex.:
894 = oitocentos e noventa e quatro.

5- PRONOME

É a classe de palavras que substituem o nome ou a ele se referem.
Pronomes Substantivos e Pronomes Adjetivos:
1- Pronome Substantivo: é o pronome que substitui o nome. Ex.:
Ele não o viu ontem.
2- Pronome Adjetivo: é o pronome que acompanha o nome, juntando-lhe uma característica. Ex.: Aquele rapaz não viu sua prima.
Classificação dos Pronomes: 1- Pronomes Pessoais:
a) Retos: exercem a função de sujeito. (eu, tu, ele/ela, nós, vós, eles/elas)
b) Oblíquos: exercem a função de complementos. (me, te, se ... )
c) Tratamento: são expressões usadas no tratamento cerimonioso ou de respeito. (Vossa Senhoria, Vossa Santidade ... ).
d) 2- Pronomes Possessivos:

Número
Pessoas
Pronomes

1a
Meu (s), minha (s)
Singular
2a
Teu (s), tua (s)

3a
Seu (s), sua (s)

1a
Nosso (s), nossa( s)
Plural
2a
Vosso (s), vossa (s)

3a
Seu (s), sua (s)
3- Pronomes Demonstrativos:
Este (s), esta (s), isto,
Esse (s), essa (s), isso, Aquele (s), aquela (s), aquilo, Mesmo (s), mesma (s), Próprio (s), própria (s), Semelhante (s),
Tal, tais,
O, a, os, as (= aquilo, isto, isso, aquele (s), aquela (s».
4- Pronomes Indefinidos:
Algum, alguns, alguma (s), alguém, algo, muito (s), muita (s), nenhum, nenhuns, ninguém, nada, qualquer, quaisquer, todo (s), toda (s), tudo, cada, um, uns, uma (s), outro (s), outra (s), outrem.
5- Pronomes Relativos:
Que, quem, quanto (s), quanta (s), o qual, os quais, a qual, as quais, cujo, cuja, cujos, cujas, onde, etc ..
6- Pronomes Interrogativos:
Segundo alguns gramáticos, os pronomes interrogativos são algumas formas de pronomes indefinidos empregados nas interrogações diretas ou indireta.

6-ADVÉRBIO

É a classe de palavras invariáveis que indicam circustâncias diversas. O advérbio, dependendo da circunstância que indica.
Classificação do Advérbio:
1- de lugar: perto, longe, aqui, ali, Iá. ..
2- de tempo: ainda, jamais, nunca, sempre ...
3- de modo: bem, mal, assim, calmamente, e quase todas palavras terminadas em mente.
4- de intensidade: muito, pouco, intensamente ...
5- de negação: não, nem (=não) .
6- de afirmação: sim, certamente . .
7 - de dúvida: talvez, quiçá, porventura ...
Advérbios Interrogativos:
São advérbios interrogativos que estabelecem uma interrogação e se
classificam como:
1- de lugar: onde, donde, aonde. 2- de causa: por que.
3- de modo: como.
4- de tempo: quando.
5- de intensidade: quanto.
Locução Adverbial:
É toda expressão que corresponde a um advérbio, desde que formada demais de uma palavra. Ex.: de repente, com certeza, por aqui.
Tanto a locução adverbial como o advérbio modificam o verbo, o adjetivo e outro adverbio. Ex.: não vivemos (verbo) , muito cedo (advérbio).

7 - PREPOSICÃO

É a classe de palavras invariáveis que ligam duas palavras, subordinando a segunda à primeira.
Classificação das Preposições:
1- essenciais: a, ante, após, até, com, contra, de, desde, em, entre, para, per, perante, por, sem, sob, sobre, trás.
2- acidentais: conforme, segundo, consoante, como, afora, mediante, durante.
Locução prepositiva
É a expressão equivalente a uma preposição, formada também por um grupo de palavras. Ex.: a respeito de, perto de, para com.
Combinação:
É a união da preposição a com os artigos o, os, sem que haja alteração de forma. Ex.:
a + o = ao
a + os = aos
Contração:
É a união da preposição com outra palavra, havendo alteração da
forma. Ex.:
em + a = na
de + aquela = daquela per + o = pelo

8- INTERJEICÃO

É a classe gramatical de palavras invariáveis que exprimem um estado emotivo. Dependendo do estado emotivo ( espanto, alivio, advertência, alegria, apelo, dor, lástima, aplauso, imitação de um som ou ruído, saudação, desaprovação, desejo, indignação, desculpa, pena, etc.), as interjeições são classificadas.
O estado emotivo expresso pela interjeição é determinado pela entonação com que é pronunciada. Essa entonação especial é indicada pelo ponto de exclamação. Ex.: íh! (lástima ou perda) , eh! (advertência).
Locução Interjeitiva:
É toda expressão que corresponde a uma interjeição. Ex.:
Ora bolas! Valha-me Deus! Ai de mim!

9- CONJUNCÃO

É a classe de palavras invariáveis que lígam duas palavras ou orações entre si. Locução Conjuntiva é a expressão equivalente a uma conjunção.
Classificação das principais Conjunções e Locuções Conjuntivas:
A) Coordenadas:
1- aditivas: e, nem (=e não), mas também, mas ainda, como também, bem como.
2- adversativas: mas, porém, contudo, todavia, entretanto, no entanto, senão.
3- alternativas: ou ... ou, ora ... ora, já ... já.
4- conclusivas: logo, portanto, por conseguinte, por isso, pois (depois do verbo)
5- explicativas: que, porque, porquanto, pois (antes do verbo)
B) Subordinativas:
1- causais: porque, porquanto, visto que, como (= porque), desde que, pois, dado que, já que, uma vez que, que (= porque), visto como.
2- concessivas: embora, ainda que, se bem que, mesmo que, posto que, por mais que, por menos que, por muito que, por pouco que, apesar de que, conquanto, sem que (= embora não).
3- condicionais: se, caso, contanto que, salvo se, a não ser que, a menos que, desde que, sem que (= senão).
4- conformativas: como, conforme, segundo, consoante.
5- comparativas: como, do que, quanto, qual, que nem, tal e qual, que.
6- consecutivas: que, sem que, de forma que, de jeito que. 7- finais: para que, a fim de que, que (= para que), porque (= para que).
8- temporais: quando, enquanto, antes que, depois que, logo que, assim que, agora que, mal, apenas, até que, desde que, sempre que.
9- proporcionais: à medida que, à proporção que, quanto mais, quanto menos.

10-VERBO

É a classe de palavras variáveis em pessoa, número, tempo, modo e voz, que indicam ação (correr), estado (ficar), fenômeno (chover), fato (nascer).
Flexões Verbais:
1- Pessoa: varia a forma verbal para indicar a pessoa gramatical a
que se refere:
1a pessoa: orador (que fala)
2ª pessoa: interlocutor (com quem se fala) 3a pessoa: assunto (de que se fala)
2- Número: varia a forma verbal para indicar o número de sujeitos a que se refere:
Singular: refere-se a um único sujeito. Plural: refere-se a mais de um sujeito.
3- Tempo:
Presente: indica a ação que acontece durante o momento em que se fala.
Pretérito: indica a ação que acontece antes de se falar. Futuro: indica a ação que vai acontecer depois de se falar.
4- Modo:
!ndicatívo: indica uma realidade
Subjuntivo: indica uma dúvida, uma possibilidade. Imperativo: indica uma ordem, um pedido, um conselho, um desejo, uma súplica.
Além dos três modos verbais, existem as três formas nominais:
1- infinitivo: passa o substantivo. Ex.: andar = o andar. 2- gerúndio: passa a substantivo. Ex.: formando = o formando.
3- particípio: passa a substantivo ou adjetivo. Ex.: realizado = trabalho realizado.
5- Voz: indica se o sujeito pratica ou recebe ação. Há três vozes verbais:
1- voz ativa: o sujeito pratica a ação ( agente ).
2- voz passiva: o sujeito sofre a ação ( paciente) 3- voz reflexiva: o sujeito pratica e recebe a ação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fish